Arquivo | lgbt RSS feed for this section

Nota de solidariedade aos militantes LGBT Alexandre Plautz Lisboa e Leonardo da Cruz

28 set

O PSOL solidariza-se com o filiado Alexandre Plautz Lisboa e com seu namorado Leonardo da Cruz, militantes LGBT, vítimas de homofobia vinda de um cobrador de ônibus em Curitiba. A agressão aconteceu na manhã do dia 21/07/2015, quando Alexandre acompanhava seu namorado até a estação tubo na qual pega ônibus diariamente. Pelo simples fato de estarem abraçados, do lado de fora do tubo, o cobrador pediu “respeito ao local público” como também “à criança presente no local”.

Sabendo que não estavam fazendo nada de errado, Alexandre e Leonardo questionaram o cobrador e iniciou-se uma discussão. O ônibus estava chegando e, devido a um compromisso de Leonardo, o camarada Alexandre pediu que seu namorado pagasse a passagem e adentrasse no ônibus. Quando Alexandre ficou sozinho com o cobrador, a covardia movida por homofobia tomou proporções maiores: com um pedaço de pau, retirado de dentro da estação-tubo, o cobrador partiu para cima do nosso camarada, que se retirou do local para preservar sua integridade física e logo depois acionou as autoridades.

Continue lendo

Anúncios

Etapas municipais do Congresso do PSOL em Curitiba já estão marcadas

20 jul
Mesa do I Congresso Nacional do PSOL.

Mesa do I Congresso Nacional do PSOL.

Em 2015 a militância e os filiados do PSOL tem uma missão muito importante: definir a nova direção nacional e o que o partido vai fazer nos próximos 2 anos no V Congresso do PSOL. E esse processo se inicia em breve, agora em agosto, com as etapas municipais (plenárias) que visam debater as teses e eleger delegados para o Congresso Estadual, momento que posteriormente serão eleitos delegados para o Congresso Nacional.

As plenárias acontecem nos municípios onde há filiados do PSOL. Em Curitiba, por conta do tamanho da cidade, serão realizadas 5 plenárias. O filiado deverá se credenciar apenas em uma, tendo direito então a participar do debate das teses escritas e inscritas para o Congresso. Para tal, precisará contribuir com a taxa de R$15,00, que vai custear toda a realização do Congresso.

Continue lendo

V Congresso Municipal do PSOL – Ata e resoluções

15 jun

Ata do V Congresso Municipal do PSOL Curitiba

O V Congresso Municipal do PSOL Curitiba foi realizado no dia 13/06/2015, das 9:30h as 17:30h, na sede do Núcleo Sindical Curitiba Norte da APP-Sindicato, na Avenida Marechal Floriano Peixoto, 306 cj 83. O congresso foi constituído das seguintes etapas: 1) Balanço da política municipal; 2) Apresentação de teses; 3) Debates; 4) Resoluções e 5) Eleição do Diretório Municipal. A mesa foi composta, na parte da manhã, por Renata Moraes, presidenta municipal e Cesar Fernandes, secretário de comunicação. No período da tarde, a mesa foi composta por Renata, Cesar e por Jean Aurélio, representando o secretário de formação política, Alef Franklin.

Continue lendo

PSOL avaliará governo Fruet em plenária

5 mar
Greve dos trabalhadores da saúde, liderada pelo SISMUC, questionou a gestão de Fruet.

Greve dos trabalhadores da saúde, liderada pelo SISMUC, questionou a gestão de Fruet.

No próximo dia 14 de março, o PSOL realiza uma plenária em Curitiba com o objetivo de avaliar a gestão de Gustavo Fruet (PDT/PT/PV) a frente da Prefeitura de Curitiba. Todos os filiados e militantes do partido na cidade estão convocados para a reunião que será realizada no período da manhã, a partir das 10h00, na sede municipal do PSOL (R. Desembargador Westphalen, 485, cj. 22).

O objetivo desta plenária é possibilitar uma troca de avaliações entre pessoas das mais diversas áreas de militância acerca de como tem sido a Prefeitura de Fruet. Por conta disso, os núcleos de base do partido estão produzindo documentos, sobre suas respectivas pautas, para serem apresentados na plenária.

Continue lendo

Reunião do Núcleo LGBT

6 dez

O Núcleo LGBT do PSOL-Curitiba convida a todos e todas para sua reunião, a ser realizada nesta segunda-feira, 08/12/2014, às 18h00, na sede do PSOL (R. Desembargador Westphalen, 485, cjto. 22).

Pauta:

I. Bloco do PSOL na Parada da Diversidade;

II. Evento de formação sobre o tema;

III. Cotizações.

Mais informações: Nabylla (41-9824.8717).

Reunião do Núcleo LGBT

10 nov

O Núcleo LGBT do PSOL-Curitiba convida a todos e todas para sua reunião, a ser realizada no sábado, 15/11/2014, às 10h00, na sede do PSOL (R. Desembargador Westphalen, 485, cjto. 22).

Pauta:

I. Histórico da luta LGBT no PSOL;

II. Evento de formação sobre o tema;

III. Organização do Núcleo.

Mais informações: Nabylla (41-9824.8717).

Convite: “Bancadas evangélicas em Curitiba e no Paraná: como enfrentar o fundamentalismo religioso no parlamento?”

22 out

ESTADO-LAICO5Bancadas evangélicas crescendo, Marco Feliciano na Comissão de Direitos Humanos, candidatura de Pastor Everaldo e declarações de ódio de Levy Fidelix no debate da TV Record, aumento da bancada do PSC no Paraná… nos últimos anos, a disputa entre os fundamentalistas religiosos e a defesa do Estado Laico tem se acentuado no Brasil.

Para aprofundar o debate sobre o que é o fundamentalismo religioso e quais são as formas de enfrentá-lo, o Diretório Municipal do PSOL-Curitiba promove debate com o vereador Henrique Vieira (PSOL), de Niterói/RJ.

Professor, teólogo e militante dos direitos humanos, Henrique Vieira, de 25 anos, é casado, dá aulas para o Ensino Médio em diversas escolas de Niterói e é pastor da Igreja Batista do Caminho. Na Câmara Municipal de Niterói, Henrique é presidente da Comissão de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade. Além disso, também é membro titular das comissões permanentes de Educação e de Direitos Humanos. Recentemente, um projeto de sua autoria, que aumenta a licença-paternidade para os servidores públicos da cidade, foi aprovado pela Câmara de Vereadores de Niterói.

Continue lendo

29 de JANEIRO | Dia Nacional da Visibilidade Trans*

29 jan

A luta pelo fim das desigualdades e das opressões inspira a militância do PSOL todos os dias. Queremos um novo mundo, uma nova sociedade construída em laços de fraternidade e respeito entre todas as pessoas. E sabemos que as opressões sofridas pelas mulheres e homens trans* são fundamentais pra perpetuação da lógica do capital e da exploração.

O Dia da Visibilidade Trans*, ao contrário de localizar nossa luta em apenas um momento do ano, nos demonstra a necessidade de militarmos cotidianamente contra a transfobia. Esta opressão se expressa de diversas formas: nas escolas, no mundo do trabalho, nos inflamados discursos de fundamentalistas religiosos, nos consultórios de médicos e psicólogos, na falta de políticas de segurança pública e na violência policial contra travestis e transexuais. Nas piadas, nas comparações, nas “perguntinhas indiscretas”. À cada momento em que alguém se recusa a chamar uma pessoa trans* por seu nome social. A violência transfóbica é cotidiana e, então, cotidiano deve ser o nosso enfrentamento.

psol trans 1Nesta leva, o Paraná e em especial Curitiba, ocupa um dos postos principais no assassinato de pessoas trans*, no ranking dos estados brasileiros. O PSOL defende a instalação de processos de investigação sobre todos estes casos, além da consolidação de políticas de proteção à estas pessoas. Nossa população trans* tem sido dizimada e temos a responsabilidade de lutarmos pela punição aos casos de transfobia. Também defendemos a ampliação dos serviços de saúde integral a este grupo. Defendemos a consolidação do CPAT – Centro de Pesquisa e Atendimento a Travestis e Transexuais do Paraná da Secretaria Estadual de Saúde, com ampliação de sua equipe técnica. Reivindicamos a despatologização da transexualidade e a retirada do status de doença dos manuais médicos e psicológicos, no entanto sem que isso represente qualquer tipo de recuo nas políticas públicas já garantidas para este setor. Também defendemos o direito à alteração do nome civil sem que haja a necessidade do escrutínio de gênero via laudo/parecer médico e psicológico e a necessidade de pronunciamento da justiça.

Defendemos os movimentos sociais das pessoas trans* e acreditamos que é apenas na auto-organização e no protagonismo deste segmento que as vitórias vão ser alcançadas. O PSOL quer ser um aliado nesta luta, incorporando as defesas dos movimentos em nossos programas e colocando nossos militantes e nossos parlamentares à serviço destes movimentos. Nesta perspectiva, anunciamos com muito orgulho a pré-candidatura à Dep. Federal da camarada Mel Campus, mulher trans* e ativista em Londrina-PR. Certamente será um avanço para a denúncia do conservadorismo machista e cisnormativo no cenário político do Paraná.

Continue lendo

Reunião do Núcleo LGBT

18 set

Núcleo LGBT do PSOL Curitiba convida a todos e todas para sua reunião, a ser realizada na próxima sexta-feira, 20/09/2013, às 16h00, na Al. Dr. Muricy, 309, cjto. 201.

Pauta:

I. Informes;

II. Calendário de formação;

III. Próxima atividade;

IV. Cotizações.

Mais informações: Nabylla (41-9824.8717).

Sarau e Debate: Visibilidade Lésbica

28 ago

lgbtNesta sexta-feira, 30 de agosto, o Núcleo LGBT do PSOL-Curitiba promove debate e sarau sobre o tema da visibilidade lésbica. A reunião será no Espaço Cultural Mimesis (na rua José Manuel, 74, ao lado do Casarão da UPE), a partir das 20h e é aberto a todos e todas que quiserem participar.

O sarau e o debate marcam o Dia da Visibilidade Lésbica, que é lembrado no dia 29 de agosto. A luta pela visibilidade lésbica é uma luta contra não perceber que, na intersecção do machismo com a lesbofobia, faz-se do corpo e da vontade das mulheres lésbicas algo “acessório”, vítima muitas vezes dos chamados “estupros corretivos”, violências de uma ordem em que a sexualidade das mulheres, e em especial das lésbicas, não encontra lugar pra se expressar de forma efetiva.

Para o debate, estão confirmadas a presença de Nabylla Fiori, militante do movimento estudantil e Leticia Lanz, que recentemente esteve participando do programa Na Moral, da Rede Globo.

Após o debate, acontecerá um sarau, com palco livre, onde será mostrada diversas possibilidade de arte e cultura LGBT.