Archive by Author

Reunião PSOL Curitiba – 04/02/17 – 14h30

30 jan

O Diretório Municipal do PSOL Curitiba convida a todos e todas para reunião, a ser realizada neste Sábado, 04/02/2017, às 14h30, na sede do partido (R. Voluntários da Pátria, 475, 13º andar, cj.1313 – Ed. Asa).

Pauta:

1. Mandato paralelo;

2. Finanças;

3. Organizativo;

4. Plenária Geral.

Mais informações: Luiza (41-99876-8287) ou Luccas (41-99203-9869).

Imaturidade

28 out

Por Lucas Lipka Pedron* e Rafael Athayde**

Os fascistas abrem suas asas. Espalham o medo e o ódio, cobrindo com as trevas da violência o sol da liberdade que tenta reerguer-se no horizonte. Matam e bradam, os ludistas, palavras de ordem cheias de ódio, quebrando portões, janelas, as portas das escolas que juram tão hipocritamente defender. Estes reacionários se multiplicam, se alimentam do sofrimento e da barbárie, repetindo em suas poucas vozes a podridão de palavras torpes, fermentadas no borbulhar das profundezas dos intestinos de governantes autoritários. Estes covardes canalhas, com seus embustes e seus tacapes, estufam o peito galinácio, ostentando suas fragilidades irracionais. Mas brava e brandamente os jovens secundaristas envergam o arco e tiram do alforje a verdadeira flecha da democracia, e matam as esperanças fúteis desses crápulas sorrateiros e mesquinhos.O medo paralisante desfalece em cinzas, e a alegria renasce a cada dia para nos lembrar que devemos lutar, mas TEMER JAMAIS.

Continue lendo

Votamos nulo nesse segundo turno contra os inimigos das lutas sociais

17 out

O segundo turno em Curitiba é disputado por dois candidatos muito parecidos. Ney Leprevost e Rafael Greca representam o mesmo tipo de política e não há nenhuma diferença substancial entre suas propostas, seus apoiadores ou seu passado. Ambos os candidatos representam o bloco político que apoia Beto Richa e que apoiou o golpe parlamentar que destituiu Dilma Roussef. Greca vai na contra mão da Primavera Feminista que ocupou as ruas e derrubou o Cunha. Ney defende o projeto que ataca a liberdade de expressão e pensamento nas escolas.

Entendemos que o projeto político apresentado pelo PSOL e pela Frente de Esquerda no primeiro turno não está representado nesses candidatos, nem de modo parcial. A tecnocracia, o descaso com as pautas identitárias, as propostas higienistas e assistencialistas, o não enfrentamento das máfias da cidade e a sólida união com os setores religiosos fundamentalistas são igualmente contemplados pelos dois candidatos. A única certeza que temos é que nos próximos 4 anos serão necessárias muitas lutas sociais para fazer valer os direitos dos trabalhadores e da juventude da cidade.

Por conta de tudo isso indicamos o voto nulo neste segundo turno. Continuaremos na busca por fazer uma nova forma de política, sem negociata e alianças por interesses privados e particulares e escolhendo lado, o lado dos trabalhadores, da juventude e do combate às opressões.

Convidamos a todos e todas para seguirmos lutando pelos nossos direitos, pela derrubada da PEC 241, que congela salários e investimentos em políticas públicas por 20 anos, e contra as reformas que retiram direitos, como a Trabalhista, a Previdenciária e a do Ensino Médio propostas pelo Temer – essa última que fez com que mais de 450 escolas fossem ocupadas por secundaristas somente no Paraná.

No dia 30 de outubro, vote 50, vote nulo! Em todos os outros dias do ano, construa com o PSOL uma mudança de verdade na nossa sociedade!

Curitiba, 16 de outubro de 2016.

Diretório Municipal – Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)

Reunião do Núcleo de Mulheres

12 out

Núcleo de Mulheres do PSOL-Curitiba convida a todas para sua reunião, a ser realizada na segunda-feira, 17/10/2016, às 19h00, na sede do partido (R. Voluntários da Pátria, 475, 13º andar, Praça Osório).

Pauta:

I. Reorganização do Núcleo;

II. Metodologias de tratamento de casos de machismo.

Mais informações: Anna Gemelli (41-9923.0151).

PSOL realizará plenária municipal neste sábado

10 out
Plenária do PSOL realizada em abril de 2016.

Plenária do PSOL realizada em abril de 2016.

O PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) realizará uma plenária municipal neste sábado, 15 de outubro. O encontro acontece a partir das 15h30, na sede do partido (R. Voluntários da Pátria, 475, 13º andar – Ed. Asa – Praça Osório), eé aberto a todos os filiados e filiadas.

O objetivo da plenária é fazer a avaliação das eleições municipais, além de definir a posição do PSOL acerca do segundo turno em Curitiba.

Também serão debatidos o calendário de atividades para o próximo período, a reorganização das instâncias de base (núcleos) do partido, as ocupações de escola e a luta contra a MP do Ensino Médio e a PEC 241/16.

Continue lendo

Convenção Eleitoral do PSOL será no dia 23 de julho

13 jul
Em Curitiba, o PSOL realizou uma Conferência Eleitoral no dia 10 de abril, em que as principais definições políticas foram tomadas.

Em Curitiba, o PSOL realizou uma Conferência Eleitoral no dia 10 de abril, em que as principais definições políticas foram tomadas.

No próximo sábado, 23 de julho, o PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) realizará a sua Convenção Eleitoral em Curitiba. Na ocasião, deverá ser referendado o nome da advogada feminista Xênia Mello como a candidata a Prefeitura de Curitiba do partido. A Convenção será realizada a partir das 10h na sede do PSOL (R. Voluntários da Pátria, 475, 13º andar – Ed. Asa).

Além do nome de Xênia, a Convenção também formalizará a chapa de candidatos e candidatas à Câmara Municipal, que deve contar com mais de 30 nomes, e o nome do candidato a vice-prefeito.

Continue lendo

PSOL lança Luiza Erundina para presidenta da Câmara dos Deputados

11 jul

13592693_10209357400349812_1908242718475810303_nFonte: PSOL50

O PSOL anunciou nesta segunda-feira (11) a candidatura de Luiza Erundina (SP) para a Presidência da Câmara, cargo vago desde a renúncia de Eduardo Cunha (PMDB/RJ) na última semana. A eleição está prevista para ocorrer na quarta-feita (13).

Em coletiva de imprensa para divulgar o anúncio, a bancada do PSOL reafirmou a luta por direitos sociais como prioridade da candidatura. “Nossa proposta tem coerência com a corajosa ação do PSOL nesta Casa. Será uma candidatura sem compromisso com o presidente interino e nem com o ex-presidente da Câmara que está para ser cassado. Nós temos compromisso com o povo brasileiro”, afirmou Luiza Erundina, que também é a pré-candidata do partido a prefeita de São Paulo.

Continue lendo

Carta de apoio aos jornalistas da Gazeta do Povo

22 jun
10387473_10200343660750949_2672187068155627213_n

Campanha do SINDIJOR em 2015 já alertava para este problema

No dia 15 de fevereiro deste ano, a Gazeta do Povo publicou matéria intitulada “TJ e MP pagam supersalários que superam em 20% o teto previsto em lei”. Na matéria, eram expostos dados – já públicos no Portal da Transparência – com os salários pagos a magistrados em 2015. Entre outras questões, abordava a remuneração de juízes, desembargadores, promotores e procuradores, com seus complementos como indenizações, pagamentos retroativos e auxílios, incluindo o auxílio-moradia.

Continue lendo

O pequeno grande PSOL

14 jun
A luta pelo #ForaCunha aconteceu nas ruas e no Parlamento.

A luta pelo #ForaCunha aconteceu nas ruas e no Parlamento.

Por Sérgio Ferreira*

A narrativa que conta a vitória do pequeno Davi contra o gigante Golias, serve muito bem de analogia para ilustrar a parcial vitória do povo brasileiro, ocorrida hoje no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados. O grande Golias, Eduardo Cunha, vinha somando vitórias em cima de vitórias a seu favor. Passava por cima de tudo e de todos. Fez o que quis. Coordenou o crime organizado na esfera da política nacional. Por vingança, foi o principal articulador do afastamento da presidenta Dilma Rousseff. Colecionava títulos e esnobava seus adversários e inimigos. Ria sarcasticamente da cara do povo brasileiro. Alguns o aplaudiam. “É meu bandido favorito”, falavam os desvergonhados. Mas, nada é para sempre.

A queda do gangster, como disse o deputado Glauber Braga (PSOL-RJ) na votação do impeachment, acabou de começar. E aqui vale com muita justiça considerar o trabalho e honra de um pequeno em tamanho, mas grande na ação, partido brasileiro, o PSOL, Partido Socialismo e Liberdade, que surgiu a partir da expulsão de alguns deputados do PT, logo que começou o governo Lula. Eles não concordaram com a reforma da previdência imposta pelo Partido dos Trabalhadores contra os trabalhadores. Acreditavam, e com razão, que seria um retrocesso para os trabalhadores brasileiros. Votaram contra. Foram expulsos. O PT aprovou a reforma com a ajuda amiga de alguns deputados de setores conservadores. Surgiu o mensalão petista, uma prática muito usada pelos tucanos.

Continue lendo

Convite: novas rodas de conversa sobre nosso momento político

16 maio

A sede do PSOL voltará a receber rodas de conversa para debater o momento político, assim como já aconteceu no mês de março. As reuniões vão acontecer nos dias 18 e 19 de maio, sempre a partir das 19h00, na sede do PSOL, que fica no 13º andar do Edifício Asa (rua Voluntários da Pátria, 475, na praça Osório).

O objetivo é conversar sobre a situação política pela qual passa o país após a posse de Michel Temer como presidente interino e encaminhar ações e manifestações, bem como o apoio às que já estão ocorrendo, como a ocupação do IPHAN. Para as reuniões, que serão abertas, estão sendo convidados militantes, filiados e filiadas e simpatizantes do partido na cidade.