“Foi um massacre”, diz Luciana Genro sobre o 29 de abril em Curitiba

1 maio

11165160_1055368157824453_5723419281245474065_nFonte: Gazeta do Povo

Uma das candidatas à presidência da república no ano passado, Luciana Genro (PSOL) veio a Curitiba nesta sexta-feira (1º), feriado do Dia Internacional do Trabalho, em um compromisso apontado como de solidariedade aos professores da rede estadual de ensino, que foram enfrentados com violência pela Polícia Militar nesta semana, durante protestos.

Em um ato público que reuniu também representantes do PSOL, como o vereador do Rio de Janeiro Babá, Luciana conversou com cerca de 200 pessoas na Praça 19 de Dezembro, no Centro de Curitiba.

À reportagem da Gazeta do Povo, ela classificou como “massacre” os episódios que fizeram história no Paraná nesta semana e disse que a atitude de Richa de militarizar os atos contra os professores é reflexo de “falta de apoio político”.

“Eu acho que o que nós tivemos aqui foi um verdadeiro massacre”, disse. “Foi uma demonstração de que, ao não conseguir mais ter apoio político, ele [Beto Richa] precisa do apoio militar para poder governar”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s